Hayley Williams lança cover de 'Colour Me In' lindo e acústico

Hayley Williams, do Paramore, fez um cover de um single da Broadcast de 2003 com uma bela interpretação acústica da música.


  hayley-williams-colorir-me-in

Hayley Williams, do Paramore, fez um cover de um single da Broadcast de 2003 com uma bela interpretação acústica da música.

Ela fez isso de novo, e com isso queremos dizer, nos deu um pedaço de conteúdo para segurar enquanto esperamos ansiosamente aquele álbum do Paramore. Sim, ela lançou uma variedade de chá nesse ínterim e enquanto isso saciava um pouco nossa sede, ainda esperávamos por novas músicas.



Tipo, de qualquer tipo. Por favor. Agora.

Ao percorrer o feed do Twitter para este pedido, Hayley primeiro nos lembrou que o Dia da Terra havia passado (e ela se esqueceu de postar, opa). No entanto, ela esclareceu que todo dia deveria ser o Dia da Terra, como sabemos, e vinculou a uma página chamada 'Good Dye Young', sobre as várias maneiras de reduzir e reciclar nossos resíduos.

Obrigado por ser uma guerreira ecológica, Hayley, você é a melhor.

Imagine nossa surpresa então, vimos este pequeno tweet atrevido.

“Fiz um cover do Broadcast – uma das minhas bandas mais ouvidas em 2020 e na quarentena. feliz sexta-feira meus amigos, espero que gostem”, postou ela no Twitter.

Eu amo que ela escreveu “espero que você goste”, como se isso estivesse em debate.

Para quem não sabe, Broadcast lançou 'Colour Me In' em 2003. Eles eram uma banda de rock inglesa formada em Birmingham em 1995 por Trish Keenan (vocal, teclado, guitarra) e James Cargill (baixo). Infelizmente, Keenan morreu de pneumonia enquanto completava uma turnê pela Austrália com a Broadcast em 2011, então este tributo de Hayley parece assombroso e bonito.

Realmente, é uma música sobre querer ser bonita por dentro e por fora, e soa delicada e fascinante ao mesmo tempo. Williams canta a mesma música sobre querer ser amado apesar de nossas falhas, e se você não tomar cuidado, pode chorar também.

Como diz a letra, “Eu sou cinza, ainda na página // Oh, me pinte // Apenas um esboço, esboçado, mas bom // Oh, me pinte.” TÃO cru.

Posso também apontar como australiana o quanto aprecio que Hayley, uma americana, manteve a grafia original de 'Colour'. Realmente, são as pequenas coisas que importam.

Você pode ler mais sobre este tópico no Pop Observer e a Observador Emo.

Confira ‘Colour Me In’ de Hayley Williams: