Charli XCX absolutamente odiou seu hit 'I Love It' quando ela o escreveu

Às vezes, os artistas não são fãs de seu próprio trabalho e Charli XCX definitivamente não era fã de 'I Love It' quando escreveu o hit pela primeira vez.


 Charlie XCX fala sobre eu amo isso

Imagem: Charli XCX/YouTube

Acontece que Charli XCX não era a maior fã de 'I Love It', seu grande sucesso.



Nem todos os artistas e músicos são fãs de seu próprio trabalho (a menos que você seja Noel Gallagher ), e Charli XCX não é diferente, já que a cantora e compositora admite que achou seu single de sucesso, 'I Love It', terrível quando ela o escreveu em 2012 para Icona Pop.

conversando com Red Bull em uma de suas últimas entrevistas pessoais antes de entrar em confinamento devido à pandemia de COVID-19, Charli falou longamente sobre sua carreira, sua abordagem de composição e influências.

Quando o assunto 'I Love It' surgiu, Charli admite que pensou que era a 'pior música de todos os tempos' quando a estava escrevendo.

“Eu realmente pensei que ‘I Love It’ era a pior música de todas. Sinceramente, nem sabia do que se tratava quando o escrevi”, lembra o cantor e compositor. “Escrevi em 20 minutos em um quarto de hotel com meu namorado sentado lá. Ele estava tipo, 'O que você está fazendo?'”

“E eu fiquei tipo, 'Oh, eu escrevi essa música. Eu realmente não entendo, mas tanto faz. ' Ele disse, 'Sim, parece ruim.' Então eu fiquei tipo, 'Ok. Vou parar de fazer isso. ' E então passei horas fazendo essa outra música.

É preciso assumir que Charli se entusiasmou com 'I Love It' ao longo dos anos, considerando como foi o primeiro grande sucesso dela e de Icona Pop nos Estados Unidos.

Outro tópico fascinante da conversa foi como Britney Spears influenciou a carreira de Charli.

Charli lembra como ela queria se tornar a próxima Britney quando entrou pela primeira vez na indústria da música, apenas para mais tarde perceber como existem muitos caminhos de fazer toda a carreira musical.

“Quando entrei na indústria da música, pensei: 'Quero ser a Britney'. Eu realmente não sabia e não havia outro caminho para mim”, disse Charli. “Eu estava tipo, ‘Isso é o que acontece quando você assina um contrato com uma gravadora. Você se torna Britney. Esse é o único caminho.'”

“E então eu assinei o contrato com a gravadora e fiquei tipo, 'Oh. Eu não sou a Britney.' Mas antes de entrar na indústria da música, eu não sabia que havia tantos caminhos diferentes.”

A entrevista inteira é fascinante e merece ser assistida, independentemente de você ser fã de Charli XCX ou não.

Confira Charli XCX conversando sobre 'I Love It' (marca de 24 minutos) e sua carreira na Red Bull: