A estrela do MAFS, Ella Ding, está de olho em outro reality show

 Ella Ding do MAFS |

A favorita dos fãs do MAFS, Ella Ding, disse que está interessada em fazer parte de outro reality show.

Ella participou da temporada deste ano do MAFS e passou a aparecer no reality show britânico Feito em Chelsea . Enquanto a jovem de 28 anos tinha um relacionamento bastante sólido com seu 'marido' na tela durante Married at First Sight, Mitch, o casal se separou logo após o show terminar.

Apesar de não conseguir encontrar o amor no MAFS, Ella admitiu que estaria interessada em dar outra chance ao reality show.



“Eu adoraria fazer eu sou uma celebridade ,' ela disse Estilo de vida do Yahoo Austrália . “Sinto que seria uma experiência incrível, seria super desafiador e fora da minha zona de conforto. Seria muito diferente.

“Eu acho que reality shows são ótimos, eu realmente acho. Eu me divirto e estou sempre aprendendo com isso.”

Pouco depois de MAFS terminar de ir ao ar, Ella teve uma breve passagem por Made in Chelsea e, embora os episódios ainda não tenham ido ao ar, Ella revelou que será o interesse amoroso de Miles Nazaire no programa. Comparando seu tempo em MAFS Austrália para Feito em Chelsea , a estrela da realidade disse que o programa britânico às vezes não parecia real.

“É mais como se eles estivessem atuando e eu definitivamente não sou uma atriz”, disse ela. “Eles fazem parecer que é um filme e é incrível, mas definitivamente houve momentos em que foi tipo, 'ação', 'cortar', 'refazer' e eu fiquei tipo, 'Pessoal, só vou dizer esta linha uma vez'.

Ama filmes e TV?

Receba as últimas notícias, recursos, atualizações e brindes sobre filmes e TV diretamente na sua caixa de entrada Saber mais

“Eu não faria esse estilo de TV novamente, mas faria reality shows novamente. Sei lá, dizem que a terceira vez é um charme! Eu realmente teria que ter cuidado porque as duas vezes realmente tiraram isso de mim e eu investi muito da minha energia nos dois homens, então eu teria que ser muito cuidadoso.

Ella acrescentou que, embora seu tempo no Made in Chelsea não tenha sido necessariamente positivo, ela é grata pela experiência.

“Talvez fosse porque eu estava em outro país, estava sozinha, ia a um show que essa gente já tinha uma base sólida”, detalha. “Estava muito solitário lá fora e então, quando as coisas meio que aconteceram no programa, foi tão confuso no cérebro e eu fiquei tipo, 'Estou pronto para voltar para casa'.

“Mas, novamente, sempre posso tirar os pontos positivos. Embora tenha sido uma das coisas mais difíceis que fiz em um período tão curto, ainda havia memórias incríveis e ainda era incrível e aprendi muito e cresci muito e todas essas coisas.

Para saber mais sobre este assunto, siga o Observador de reality shows.